Talvez seja sua hora de abrir as portas para viver novas histórias

Quando você menos estiver esperando, alguém especial vai te mandar uma mensagem. Aquela resposta que há dias você esperava e não obteve quando era urgente. Um áudio pode te fazer sorrir idealizando na sua mente exatamente a pessoa na sua frente falando daquele jeito com você.
Quando você não estiver acreditando mais que sua vida pode dar um 360° ela vai dar e você vai se sentir tendo que segurar as paredes para não cair. Você quer com emoção ou sem emoção? Com emoção sua vida vai dar essa virada, te forçará a tomar decisões rápidas sem tempo para pensar duas vezes. Você vai decidir tudo com o coração ou prefere seguir pela razão? Mas se for sem emoção, as coisas vão acontecer de forma mais serena, lentamente mas lá na frente você verá também quanta coisa mudou…
Quando você não estiver arrumada ou com o cabelo bonito do jeito que gosta, aquela pessoa que você não via a anos vai aparecer. Os seus olhos estarão brilhando, não vai se sentir preparada nem bonita o bastante mas será especial.
Estará em casa lembrando de como as coisas tem acontecido e parecido perder o controle, passará por ruas desconhecidas para ter mais tempo de pensar enquanto caminha, as 24 horas não parecerão suficientes para todo frio na barriga.
Talvez seja amor. Talvez seja sua hora de abrir as portas para viver novas histórias. Talvez não entenda que chegou seu momento de brilhar mas brilhará até quando não estiver arrumada como gostaria.
Quando estamos felizes com alguém, as horas voam, o frio na barriga vai ganhando morada na gente, nossos olhos gritam poemas de amor quando miudinhos sorrindo e às vezes dá até um arrepio o toque. O toque do amor a gente reconhece quando vem. Ele arrepia, deixa nossa pele mais sensível por onde passa e nos faz olhar para pessoa pedindo mais de tão gostosa a sensação.
Quando você achar que está tudo certo, não estará porque você não sentirá o chão embaixo dos seus pés. Você flutua, não há ninguém mais em volta de vocês juntos, não há outra voz que seus ouvidos possam escutar, não tem outro perfume que seu olfato reconheça ou queira sentir a não ser aquele e já era. Você pensou que estava tudo sob controle mas isso significa que você perdeu ele completamente. E é bom perder o controle às vezes.
Solte suas amarras, se liberte do que te consumia e fazia mal, amedrontava e te impedia essas emoções. Sentir tudo isso é tão bom mas quantas vezes nos privamos por medo?
Medo do desconhecido, medo do que nem sabemos ainda se vai ou não acontecer como idealizamos.
Baixe sua guarda e se permita não estar bonita o suficiente e estar feliz mesmo assim. Vá atrás do que te faz se sentir uma garotinha de 15 anos apaixonada. No final das contas, a única coisa que importa é como nos sentimos com tudo. Então por que dar tanto ouvidos ao que vão pensar e dizer, se quem vive sua vida é você?

By Beatriz Corbal.

Você só precisa confiar em si mesma

Foram tantos planos até aqui… Que bom que você conseguiu seguir tantas vezes o que seu coração disse, parou para pensar nas melhores escolhas e tudo bem que nem todas aconteceu tudo como esperávamos, mas você conseguiu. Olha onde estamos?
Já parou para olhar pra trás e ver quanto você caminhou para frente ?
Quantas vezes você chorou ou se sentiu sufocada querendo gritar mas tentou manter a calma e por a cabeça no lugar ?
Quantas vezes olhou para trás e quis voltar atrás, olhou para o futuro e pensou que não era capaz?
Olha onde estamos agora… Olha que lugar lindo!
Não está tudo como o planejado ainda mas calma, aos poucos chegamos aqui, aos poucos vamos chegar onde deseja.
Foram tantas noites de insônia pensando em tudo e fazendo várias anotações criando ideias e estratégias.
Foram muitos dias engolindo sapos para hoje poder desfrutar do que há de bom.
Parabéns, você conseguiu!
Ei, não desanima! Ainda há muito o que fazer por aqui. Vamos lá! Força, garotinha. Você já viu que consegue, é só confiar em si mesma!

By Beatriz Corbal.

O outono é sempre igual

Assim como as folhas das árvores caem, eu caí diversas vezes todos os dias. Assim como rastejam pelo chão com o vento, rastejei tentando encontrar uma saída mas fracassei. Assim como tua paleta de cores neutras e frias, eu me sentia, conforme eu precisava disfarçar os dias sem tantas cores ou vibrações. Agora, quem sabe na próxima estação…

By Beatriz Corbal.